terça-feira, 10 de agosto de 2010

Brugge e Blankenberge(praia) - 2º dia

Depois de uma noite bem descansada num ótimo hotel(não estou aqui pra fazer propagandas mas o Flanders hotel é bem confortável: o melhor de toda nossa viagem), fomos até a estação central de Brugge pra nos informar como iríamos até Blankenberge e conhecer uma praia européia.Mas antes vimos uma banda militar passando e tocando sax, clarineta, flautas...Lembrei-me do meu caçula e sua paixão por instrumentos musicais O Re filmou este momento que me deixou emocionada. Esta pequena cidade,distrito de Brugges fica bem próxima a Brugge e(se não me engano) em menos de 20 min. já estávamos lá. Descemos numa rua cheia de pessoas(era feriado belga) e de lá fomos caminhando até a praia dos Países Baixos. Subimos uma escadaria e enfim tivemos a primeira visão do Mar do Norte e de sua areia(a praia chama-se De Pier Blankenberge).Nesta cidade que é uma província da região Flanders ocidental da Bélgica teve um morador ilustre,o inventor das lentes de contato. O mar, bem diferente do nosso verão,tinha águas meio cinzentas. Na areia eles separam áreas de diversão com parquinhos pras crianças, cadeiras de praia e uma espécie de mureta(creio que pra proteger dos ventos fortes).De lá vimos um pier enorme e em cima do pier um restaurante. Muitas pessoas faziam esportes naúticos, velejavam e também havia pescadores pro deleite do Re...O Re deu uma nadadinha naquelas águas geladas(pra mim). Ele pra variar disse que estava muito boa a água e que jamais ia deixar de nadar na primeira praia que conhecemos na europa em pleno verão. Fomos até o pier pro Re dar uma pescadinha... Andamos bastante por toda a cidade, fomos até o porto, almoçamos num restaurante e conhecemos mais uma cerveja belga.Passamos por uma igreja e fotografamos. Voltamos pra Brugge por volta das 20 horas. Pegamos um ônibus errado, ao pedir informação pra um rapaz belga ele nos explicou o ônibus e perguntou-nos de onde éramos e achou muito legal sermos brasileiros. Daí ele perguntou pra um senhor mais velho o melhor transporte pra voltar pra Brugges e eles ficaram discutindo( uma cena hilária pra nós) com aquele sotaque bem gutural e falando bem alto: um falava,e o outro retrucava" niiiiii, ni, ni, ni,niiiiiiii". Acho que é "Não não,não"....O ônibus parou e no ponto tinha outro escrito Brugge: eu eo Re gritamos "Thank you", e o simpático belga falou em bom português:"BOM DIA"... Chegando em Brugge vimos a praça central cheia de pessoas tomando cerveja,cantado e acompanhando um show que estava acontecendo.De lá fomos andar mais e mais...Entramos num parque, demos algumas voltas e por fim achamos um moinho...Pelo meu semblante na foto dá pra perceber que eu já estava extremamente cansada e a bateria da máquina findando...Voltamos pro hotel pra nos preparar pra próxima viagem:Bruxelas e Paris...

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário